Um predador veio das profundezas do Cosmos e assumiu o controle sobre as nossas vidas. Os seres humanos são seus prisioneiros e predador é o mestre que nos tornou dóceis e impotentes.

Os Reptilianos são uma raça de seres híbridos, não humanos que se assemelham a nós, habitam a Terra há milhões de anos. Alguns deles coexistem conosco em dimensões vibracionais diferentes da nossa, com o intuito de nos ajudar a evoluir. Estas formas podem variar de organismos simples, como bactérias, até seres muito mais complexos que os humanos.

Quando se fala sobre vida inteligente fora da Terra existe uma grande divergência de opiniões, alguns afirmam que é impossível existir vida inteligente fora do planeta; outros defendem que pode existir, mas que tal vida não poderia chegar até aqui devido às grandes distâncias do Universo.

Cientistas e Especialistas afirmam que não é de hoje que os Alienígenas estão em contacto com os Humanos, eles têm bases secretas na Terra e estão produzindo uma nova geração que vai dominar o mundo. Estes seres podem apresentar emoções humanas, mas a lealdade deles pertence ao seu criador, o mestre.

Os EUA são o lar de centenas de milhões de pessoas hibridas-reptilianas desde 1776. Entre essas pessoas, estão as famílias Rothschilds e Rockefellers, há muito tempo acusadas de serem os mandantes dos “Illuminati” – que também é manipulada pelos Reptilianos.

Nosso planeta está sob o domínio do grupo Reptiliano. Eles reivindicaram este planeta como seu por direito, junto com tudo sobre ele, e isso inclui os seres humanos.

Os Reptilianos são uma força dominante no grupo dos Controladores do planeta. Eles são na grande maioria como militares organizados, embora também exista Reptilianos que são muito bons em micro-cirurgias e implantes, além de outras tecnologias. Ouvimos muito sobre os Grays, mas os Reptilianos são o grupo mais importante, embora sejam muito secretos.

Reptilianos são grandes, podem passar dos 3 metros de altura. Eles têm quatro dedos com garras. Às vezes nervuras externas são visíveis em seus peito e costas. Sua pele vai de lisa a áspera, aparecendo um lagarto com escamas em vez de pele. Sua cor é esverdeada, meio acastanhada. Eles geralmente têm uma crista central no topo de sua cabeça.

Em geral, são guerreiros ferozes e fortes, estruturados em uma hierarquia militar. Eles têm um corpo extremamente forte. Eles são muito orientados para a honra e desempenho, e têm orgulho do que fazem. Porque eles são muito musculosos, altos e fortes, eles não precisam ter muitas armas. Eles podem controlar os seres humanos facilmente com suas fortes habilidades psíquicas.

Simon Parkes diz que não há muitos Reptilianos neste planeta porque eles são fisicamente muito mais fortes do que os humanos. Sua estrutura militar é baseada em unidades de 111 oficiais e guerreiros mais 1 comandante em uma unidade. Seis destas unidades contêm 666 oficiais e soldados mais 6 comandantes.

Dentro de uma raça sua aparência física pode ser diferente dependendo do nível de seu sistema de castas. Diz-se que no nível superior, seus governantes, têm asas rudimentares. Este sistema de castas também parece refletir uma diferença genética entre cada nível.

Em relação aos seres humanos, os Reptilianos (em geral) são enganadores, astutos e hediondos. Eles podem controlar psiquicamente os seres humanos de uma forma muito clandestina. Embora não gostem de seres humanos, eles os usam para colher energia emocional humana, e a hibridação genética com seres humanos também está acontecendo. Eles podem parecer amigáveis ​​e ao mesmo tempo ficar drenando sua energia. Alguns dizem que existem grupos de répteis que não são hostis aos seres humanos. No entanto, sendo especialistas em manipulação psíquica, os reptilianos negativos podem fazer-se parecer muito diferentes, e também mascarar as suas intenções. Eles também podem fazer você vê-los fisicamente diferentes. Reptilianos podem nos fazer vê-los em uma forma corporal diferente. Uma pessoa inicialmente veria uma mulher bonita, ou talvez uma autoridade militar, para então descobrir mais tarde durante o contato que a aparência muda para a figura real reptiliana. É a nossa percepção deles que eles são capazes de mudar. Algumas pessoas veem isso como uma habilidade de mudança de forma, mas isso não é correto. O Reptiliano não pode mudar sua forma corporal, mas pode manipular nossa mente para vê-lo em uma forma corporal diferente, geralmente uma humana.

John Carpenter, diretor de pesquisa de abdução para a Mutual UFO Network (MUFON), disse que ele esteve envolvido em 10 casos em que as experiências descreveram entidades reptilianas e ele está ciente de pesquisadores em outras partes do país com casos semelhantes. Abduzidas muitas vezes têm marcas de garras distintas com cortes e hematomas em seus corpos após suas aparentes abduções. Ele também afirma:

” Talvez a parte mais assustadora e mais controversa dessas histórias são as afirmações de que as criaturas ocasionalmente são relatadas forçar relações sexuais com abduzidos.”

 Muitos milhares de anos atrás, durante o período de Atlântida, a humanidade tinha um nível espiritual muito mais elevado. No entanto, a divisão chegou e a guerra estourou com a destruição mundial. Os Reptilianos aproveitaram-se disso e conseguiram dominar os restos enfraquecidos da humanidade, alterando também geneticamente o corpo humano, com o propósito de torná-los servos dóceis. Simon Parkes diz que o grupo particular de reptilianos que viveram aqui na Terra começou a manipular humanos lentamente há cerca de 120 mil anos, mas assumiu o controle total sobre a humanidade há cerca de 15 mil anos.

Existem diferentes raças e classes de reptilianos. Alguns grupos estão na Terra há muito tempo, provavelmente a mais tempo que a humanidade. Portanto, eles vêem os seres humanos como indesejáveis ​​neste planeta. Eles residem em cavernas subterrâneas. Outros são de outros lugares do universo. Alguns trabalham juntos com os Mantis e os Cinzas ( Grays ).

Um grupo separado são chamados Dracos ou Draconianos. Dracos podem passar dos 10 metros de altura e sua pele parece verde acinzentado. Ken Bakeman viu vários Dracos com pele branca, que ele se refere como Dracos albinos. Dracos, com asas atrofiadas, parecem estar ocupando posições de liderança. Dracos são de Alpha Draconis, e eles são muito agressivos.

Algo corriqueiro quando se fala de Reptilianos é a sua obsessão por energia vital ou emocional humanas. Suas vidas parecem ser parcialmente dependentes dessa atividade. Nos casos de sequestro ou contato, os reptilianos têm sido conhecidos por serem fisicamente abusivos, até mesmo violando mulheres. Provavelmente, isso é feito para gerar muita energia emocional devido ao trauma extremo. Ken Bakeman diz:

” Eu vi uma ampla gama de tipos de Reptilianos que não parecem se encaixar em uma única espécie” .

Simon Parkes afirma que os reptilianos não têm emoções como nós, mas eles têm fazem rituais. Ele diz que as “asas” (daqueles que as têm) são mais como espinhos. Eles não podem voar com eles, mas eles podem movimentá-los. Ele também afirma que a cerimônia e os rituais são muito importante para eles. É como um “estilo de vida” para eles. Suas cerimônias podem incluir se alimentarem de crianças humanas.

Credo Mutwa, o xamã Zulu, é de uma opinião semelhante:

” Diz-se que essas criaturas (os Chitauris ou Reptilianos) se alimentam de nós seres humanos, que eles, ao mesmo tempo, desafiaram o próprio Deus à guerra, porque queriam o controle total do universo. E Deus travou uma terrível batalha contra eles e Ele os derrotou, lesionou-os e os forçou a se esconder em cidades subterrâneas, escondendo-se em profundas cavidades subterrâneas, porque estão sempre sentindo frio. Nessas cavidades, dizem-nos, há grandes incêndios que são mantidos pelos escravos, humanos , Escravos semelhantes a zumbis e, além disso, é dito que estes chitauris, esses reptilianos, ou o como quer que você queira chamá-los, não são incapazes de comer alimentos sólidos. Eles precisam de sangue humano ou conseguem poder da energia que é gerada quando os seres humanos, na superfície da Terra, estão lutando e matando uns aos outros em grande número… Porque os chitauris gostam de inalar a energia que é gerada por massas de pessoas sendo aterrorizadas ou sendo mortas por outras pessoas “.

Ele também diz que os Reptilianos abduzem crianças que são mortas em sacrifícios.

O visualizador remoto Courtney Brown (em Exploradores Cósmicos) diz que os Reptilianos presentes no sistema solar estão envolvidos na fabricação de armas. Ele acha que os reptilianos destruíram o seu mundo natal e se estabeleceram na Terra e gostariam de permanecer aqui. Ele vê três grupos de Reptilianos. Um é estruturado altamente autoritário. Obediência inquestionável é o tema. O segundo grupo é predominantemente político e altamente competitivo. O terceiro grupo é ainda maior, e tem uma atitude mais coletiva na solução de problemas e disputas, sem nenhum líder central. É composto de muitos pequenos grupos que tentam trabalhar juntos para seu próprio avanço. O segundo grupo parece ser renegado desconsiderando os desejos da comunidade maior, sendo assim altamente competitivo, arrogante e guerreiro. Os reptilianos renegados interagindo com os seres humanos na Terra têm uma agenda que não é amigável com a nossa existência.

Os seres reptilianos não são freqüentemente encontrados, como os Greys fazem a maior parte do trabalho. Quando os reptilianos são encontrados, eles parecem ser sempre da classe guerreira. Eu nunca li um relato de mulheres Reptilianas. Eu assumo que é primariamente um seleto grupo de reptilianos guerreiros, que está envolvido na manipulação da humanidade, em coordenação com os Mantis, e os Greys como sua força de trabalho.

Credo Mutwa nos diz que de acordo com os mitos africanos, a chegada dos Reptilianos causou a queda da humanidade:

” Essas criaturas então tiraram os grandes poderes que os seres humanos tinham: o poder de falar através da mente, o poder de mover objetos com sua mente, o poder de ver visualizar o futuro e seu passado, o poder de viajar espiritualmente para mundos diferentes. Todas essas grandes habilidades que os Chitauri (outro nome para os Reptilianos) tiraram dos seres humanos e deram aos seres humanos um novo poder, agora, o poder da fala.

Mas, os seres humanos descobriram, para seu horror, que o poder da fala dividia os seres humanos, em vez de os unir, porque os Chitauri criaram astutamente línguas diferentes e causaram uma grande discussão entre as pessoas.

Os Chitauri fizeram algo que nunca foi feito antes: deram aos seres humanos pessoas para governá-los, e disseram: Estes são os vossos reis, estes são os vossos chefes, eles têm o nosso sangue neles, eles são os nossos filhos, E você deve ouvir essas pessoas porque elas falarão em nosso nome, e se você não fizer isso, nós vamos puni-los muito terrivelmente. Antes da vinda dos Chitauris, antes da vinda das criaturas reptilianas, os seres humanos eram espiritualmente unidos como um…

Mas quando os Chitauri vieram, os seres humanos se dividiram, tanto espiritualmente quanto pela linguagem. E então, os Chitauri deram aos seres humanos novos sentimentos estranhos. Os seres humanos começaram a se sentir inseguros, e assim começaram a fazer aldeias com cercas de madeira muito fortes ao seu redor. Os seres humanos começaram a se tornar fabricantes de países. Em outras palavras, eles começaram a criar tribos e terras tribais, que tinham fronteiras, que defendiam contra qualquer possível inimigo.

Os seres humanos tornaram-se ambiciosos e gananciosos e queriam adquirir riqueza na forma de gado e conchas do mar. E, outra coisa que os Chitauri obrigaram os seres humanos a fazer, eles forçaram os seres humanos a minarem a Terra. Os Chitauri ativaram mulheres humanas e as fizeram descobrir minerais e metais de certos tipos. As mulheres descobriram o cobre. As mulheres descobriram o ouro. As mulheres descobriram prata. E, finalmente, eles foram guiados pelo Chitauri para ligar esses metais e para criar novos metais que nunca existiram na natureza antes, metais como bronze e latão e outros. ”

Xamã Credo Mutuwa em posse de uma relíquia ancestral que conta a historia do seu povo.

O mundo dos Reptilianos e sua relação com os seres humanos é uma coisa complicada. Além do que foi mencionado acima, há também um aspecto não-físico, astral ou espiritual para a situação deles aqui na Terra. Os reptilianos também são muito ativos no lado não-físico da realidade, o que alguns chamam de planos astrais ou o mundo espiritual. Eles são muito conhecedores sobre os aspectos da alma dos seres. Tem sido notado por muitos curandeiros que as almas reptilianas são por vezes unidas a seres humanos, especialmente se estes são despertados espiritualmente. É a tarefa da alma reptiliana interferir com a vida dessa pessoa para que a pessoa não possa manifestar sua espiritualidade ou trabalho espiritual aqui na Terra. Também se observou que as almas reptilianas estão meio presas no mundo astral, porque sempre viveram como parasitas, vivendo da energia vital dos seres físicos, humanos e outros seres. Essas almas reptilianas não podem ou não querem evoluir mais nos mundos espirituais e precisam de um suprimento constante de energia que deve vir do plano físico terrestre, isto é, das emoções dos seres humanos. Para isso estabeleceram um sistema, tanto no plano astral quanto no plano físico, para manter a humanidade num estado constante de guerras, violência e outras formas de gerar emoções negativas e medo. É uma matriz de energia artificial que opera a partir do interior da Lua, e manipula as mentes dos seres humanos neste planeta.

Simon Parkes menciona que os reptilianos são responsáveis ​​por não permitir que as almas humanas, depois da morte, voltem a Fonte. Em vez disso, eles têm um sistema montado que banha as almas humanas em uma energia eletromagnética que faz essas almas encarnar novamente e apagão a memória dessa alma no processo. Esta é a razão pela qual os seres humanos não conseguem lembrar de nada de suas vidas antes do nascimento. Outras raças alienígenas não têm essa amnésia.

Também deve ser mencionado que, de acordo com algumas pessoas, os seres humanos não só uma fonte de energia vital para os reptilianos, mas também uma fonte de alimento.

Vejamos alguns registros dos reptilianos na antiguidade

Parece que a antiga raça suméria dos reptilianos era como as outras criaturas do nosso planeta, e sua presença era muito natural de acordo com os registros.

Em paralelo com a cultura paleolítica, as estatuetas votivas de pedra derretida da Serra Leoa e outras regiões da África central são combinadas em estilo e design por culturas posteriores durante o período holoceno, mas claramente falta da habilidade técnica dos artesãos atlantes. . As palhaços votivas criadas pela antiga cultura nok da Nigéria e a cultura são do Chade e dos camarões eram apenas fabricados com argila cozida, e ainda mostram o uso de inscrições votivas paleo-Sânscritas que são um elemento essencial dos exemplos anteriores. A atenção especial dos artistas antigos para reproduzir os traços faciais e anatômicos altamente incomuns dos humanoides gigantes de répteis oferece uma grande variedade de soluções para o desafio, cada um capturando os mesmos olhos exagerados, lábios e cristas escamosas que inspiram medo em vitimas de extraterrestres em todo o mundo.

A imagem representa a Mélusine, que é a história de um príncipe que se casa com uma princesa que se torna uma serpente, dragão, peixe ou algo réptil. Eu discuti isso antes, mas eu percebi que esta é em grande parte a história que Credo mutwa também disse. É incrível que, por qualquer razão, este mito marginal que se encontra nas profundezas da África continental assemelha-se tanto à lenda por trás de um dos logos mais famosos da existência moderna. Eis o que disse Credo mutwa: ” os zulus afirmam que há muitos, muitos milhares de anos, chegaram, desde os céus, uma raça de pessoas que eram como lagartos, pessoas que podiam mudar de forma à vontade. E as pessoas que se casavam com suas filhas a um caminhar (extraterrestre), e produziu uma raça poderosa de reis e chefes tribais, há centenas de contos de fadas em que uma fêmea de lagarto assume a identidade de uma princesa humana e se faz. Passar por ela e casar-se com um príncipe zulu. Agora, esta história tem muitas versões. Em toda a África do Sul, entre muitas tribos, encontrará histórias destas incríveis criaturas que são capazes de mudar de réptil para ser humano. Não importa para onde você vá no sul, este, oeste e África Central, verão que a descrição destas criaturas é a mesma, mesmo entre tribos que nunca, ao longo da sua longa história, tiveram contato entre si “…

Os registros na arte e escrita são claros, a presença reptiliana sempre esteve em contato com os humanos desde os primórdios da Humanidade.

Credo Mutwa fala dos chitauli (Reptilianos). Eles estão à espera do momento certo para completar o seu ciclo…

O colar dos mistérios – Relíquia da nação zulu.

A mensagem é clara…

Os registros são muitos.

Culturas que nunca se encontraram e possuem “mitos” em comum.

Desperte e fique consciente!

Informação é uma arma, não se deixem mais manipular. O inimigo é poderoso e age em grande escala. 

Seus olhos estão vendados, você vê o que querem que você veja. Decifre, questione, conheça e use sua sabedoria!

Esse inimigo é nosso e ele é astuto, ele ataca todos os dias, mas não é invencível se você acordar!

3 Comentários

  1. OSVANIL LUIZ DE OLIVEIRA

    REIKI ARCTURIANO COM VINICIUS DANTAS …. SIMBOLO E COSMOBIOGRAFIA COM RAFAEL CESARIO …. TERAPIA REGRESSIVA COM MEDICOS E TERAPEUTAS CREDENCIADOS… estou no caminho !!!!!!!!!!!! rsssssssssssssssssss

    Responder
    • FABRICI0

      G0STARIA DE FAZER C0NTAT0 C0M V0CE P0DE ME ESCLARECER UM P0UC0

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *