More

    OVNI de Staffordshire: “Humanos do Futuro vieram à Terra em 1954”?

    O encontro de Jessie Roestenburg ocorreu em 21 de outubro de 1954. O autor Gavin Gibbons o descreveu em seu livro de 1956, The Coming of the Space Ships.

    Em 1954, Jesse Roestenburg, seu marido Tony e seus três filhos pequenos moravam em uma casa de campo em Vicarage Farm, Ranton, Staffordshire, Inglaterra.

    Jesse Roestenburg

    A sra. Roestenburg estava dentro de casa com a filha de dois anos, Karin, e os dois filhos, Anthony, de oito anos, e Ronald, de seis, que haviam acabado de chegar da escola e brincar no jardim.

    A tranquilidade do campo e aquela tarde pacífica foram subitamente interrompidas por um som incomum semelhante ao da água em contato com o fogo.

    Isso chamou a atenção e a primeira coisa que Jessie fez foi se preocupar com os filhos. O que foi que aconteceu, oque faria este som estranho? Meus filhos estão em perigo? A senhora Roestenberg pensou…

    Talvez um avião prestes a cair.. Poderia ser? Naquele momento, a senhora começou a andar pelo pátio e observou os dois filhos sentados no chão do jardim, em frente à porta da casa.

    Os gritos das crianças foram sugestivos: “Mãe, olha! Um disco voador”!

    Com uma sensação estranha, Jesse Roestenberg ergueu os olhos e encontrou um objeto com a descrição mais estranha: um tipo de estrutura metálica semelhante a um chapéu mexicano de aparência prateada pairava silenciosamente sobre sua casa de maneira ameaçadora.

    Tinha uma espécie de cúpula no topo e o mais curioso é que a testemunha pôde observar dois ocupantes do estranho OVNI.

    Segundo a descrição, eram bonitos, com longos cabelos dourados e um macacão azul justo que realçava suas características atléticas. Surpresa, aterrorizada, fascinada… Como Jesse Roestenberg recebeu essa visão?

    Jesse Roestenberg retratando seu encontro.

    O incrível é que, naquele momento, havia uma daquelas trocas de olhares que aparecem de tempos em tempos no fenômeno, onde Jesse ficou em algum tipo de transe.

    Os seres pareciam estar olhando para ela, uma mulher simples no meio do nada, em uma fazenda remota. Porque ela? Porque lá? Sempre essas perguntas.

    Os seres, segundo Jessie Roestenberg, tinham um rosto proporcional e humano, exceto a testa, muito maior e mais volumosa que a nossa.

    Durante a reunião, a boa mulher ficou paralisada pelo medo e perdeu a noção do tempo: não sabia quanto tempo estava olhando para aquela maravilha e também por que não correu dali, levando os filhos e, pelo menos, colocando-os em casa.

    Depois de um tempo dessa interação incrível, Jessie finalmente reagiu e pegou seus filhos pela mão para trazê-los para casa. No caminho, na corrida que aconteceu com as crianças, ela olhou para trás e viu aquele OVNI incrível com seus ocupantes estranhos e ele se foi…

    Ficando apenas um pequeno ponto no céu, a uma altura muito mais alta do que antes, foi o que restou da observação daquele OVNI que, por sua vez, fez três círculos no céu antes de se perder na cúpula celestial.

    O Impacto e a pressão daquela experiencia foi tanta naquela mulher e seus filhos que eles ficaram embaixo da mesa da cozinha até o Sr. Roestenberg chegar do trabalho.

    O encontro mexeu com as testemunhas, mas o pior foi que, quando o caso veio à tona, a família foi ridicularizada. Eles contaram aos vizinhos e, por sua vez, à imprensa.

    Isso os marcou profundamente e relutaram em falar sobre o assunto por anos, mas a verdade é que o incidente permanece nos arquivos como inexplicável: o som estranho, a forma do objeto e, acima de tudo, a presença desses seres.

    Eles são os protagonistas deste incidente curioso e fascinante que tem aquele momento incrível de troca de olhares entre uma dona de casa simples e seres estranhos vestidos com um macacão azul.

    Viajantes do futuro? Alienígenas mais evoluídos, seriam esses seres nossos semelhantes que vivem no espaço?

    Thothhttps://galaxia.news
    Desde muito cedo percebi que a realidade do mundo não é como nos contaram. Desde então, venho buscando e tentando entender tudo e ajudar os outros ao longo do caminho. Como um buscador, estou aprendendo mais a cada dia. - Autodidata possui experiência na área de pesquisa Ufológica, de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva, antropologia, arqueologia e história da ciência. Possui experiência na área da tecnologia, física, química e matemática. Fundador do Projeto Gazeta da Galáxia (https://galaxia.news). Pesquisador e escritor, aficionado por mistérios, pela Ufologia e pelo Universo.

    Últimas

    5 fatos que você deve saber sobre o Projeto Blue Book

    O Blue Book Project foi uma série de estudos sobre OVNIs da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF). Foi o segundo projeto...

    Escala Hynek criada para classificar contatos alienígenas

    É possível classificar os contatos extraterrestres ou OVNIs? É, graças à escala de Hynek, um sistema que nos ajuda a identificar os...

    SOYUZ 11 A TRAGÉDIA ESQUECIDA DA UNIÃO SOVIÉTICA NO ESPAÇO

    Em 6 de junho de 1971, a missão Soyuz 11 tinha a oportunidade de reerguer o programa especial soviético após missões fracassadas...

    China pode assumir a liderança pela busca por Extraterrestres

    Em setembro do ano passado, o FAST (acrônimo de Five-hundred-meter Aperture Spherical Telescope, ou Telescópio Esférico de Abertura de 500 Metros) capturou sinais misteriosos...

    Artigos relacionados